terça-feira, 17 de julho de 2007

Para minha irmã nº 2

(16/03/05)

Entardece,
O sol mergulha no horizonte,
Beija o mar,
Mescla cores em tons de canela
O azul, o vermelho, o laranja
Fim do dia em luz amarela

Chega a noite soturna
E deseja,
Com seu manto escuro como tela
Suplantar a beleza do dia
E pintar requintada aquarela

Mas sozinha não tem muita chance
Pede ajuda e até parceria
Pra criar o ser mais perfeito
Que reúna graça e harmonia

De Afrodite empresta a beleza
De Minerva a sabedoria
E empresta a força da terra
E do fogo, a paixão e energia

Desejando criatividade,
Pediu-a emprestada ao ar

Precisando de um toque de mistério
Tomou-o emprestado do mar

Ao céu foi pedir :”Dê-me o brilho!”
O brilho da estrela mais bela

E mesclando destes o nome
Batizou-te como MARISTELA!

2 comentários:

milenereis disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
milenereis disse...

A irmã no. 3 vem solicitar o direito a uma poesia também rsrsrs
Seu blog tá lindo, ameiii!!!
Bjos